just like heaven

Tudo parece ousado àquele que a nada se atreve, por isso... atreva-se!

18 agosto 2014

planalto central

duas ou três semanas sem escrever aqui? muito tempo! no trabalho, cursos vários. em casa, arrumações, limpezas, preparo de refeições, cuidados com as mimicas e seriados toda noite. encontrei uma rotina boa aqui na capital, numa paz gostosa demais. trabalho tranquilo e desafiador, apartamento delicioso e cheiroso, vida boa, muuuito boa!

o primeiro final de semana de agosto foi passado em sp, na pura correria: chegar tarde na sexta, acordar cedíssimo no sábado, fazer compras na liberdade, procurar luminária barata na consolação sem achar, comprar tortas na confeitaria cristina, almoçar no popis, ver a rê e o lucca, almoçar muito bem em família, fazer micro-siesta em casa, jantar com mamis e wagão num buffet de sopas, quase morrer de enxaqueca com tanto cansaço. dormir tarde e acordar cedo no domingo, de novo – cansaço, cansaço, sono, irritação. tirar coisas do depósito, fazer a mala, correr pra liberdade pra almoçar com gentes muito queridas. duas horas de fila depois, conseguir efetivamente sentar pra comer um lamen reconfortante e maravilhoso, sair correndo pra casa de mais um casal queridíssimo pra comer sobremesas e saber das novidades – como é bom ver quem a gente ama, tomando chá e comendo docinhos – puxa! queria que a viagem fosse só isso, sem a parte do sono, do cansaço, da dor de cabeça. da casa dos amigos, correr pro aeroporto, e pufts: que rápido que o tempo passa quando estamos em sp!

o segundo final de semana do mês foi passado sozinha na capital – o maco passou o dia dos pais com os filhos e o pai dele; e aproveitei pra fazer faxina, lavar roupa, passear por brasília, encontrar o abajur que eu queria (bom, bonito e barato!), ver seriados, fazer supermercado, cozinhar pra semana toda, parabenizar os pais mais próximos (o meu, o do maco, o da minha mãe, o dos meus enteados). como é bom poder descansar e estar completamente livre pra fazer só o que se tem vontade!

o terceiro final de semana de agosto foi passado com o maco aqui. no sábado, só descansamos, namoramos, conversamos e comemos (pães e brownie da boulangerie, massas incríveis da san felice, sorvete de pistache da la basque e açaí bom do sub’s). no domingo, além de arrumar a mala do maco, almoçamos no mangai, sobremesamos no freddo  e fomos ao cinema assistir o delicioso ‘chef’. delícia, ver o maco dançando na poltrona ao lado durante todo o filme! é uma delícia ter ele por aqui, e é triste vê-lo indo embora – durmo sempre mal na primeira noite sem ele, porque a cama fica vazia, fria, sem graça...

durante os dias úteis do mês, trabalhei pouco e estudei muito – tive cursos de softwares estatísticos aplicados à modelagem econômica e de economia, além de, como sempre, continuar a leitura de muitas normas, muitos pareceres escritos por colegas de trabalho e muitos ‘papers’ interessantes. consegui definir o quão ‘peixe fora d’água’ ainda me sinto com os assuntos tratados no meu novo trabalho: não sei opinar sobre nada! ainda não sei dizer se qualquer medida proposta é boa ou ruim, e muito menos o porquê disso. santa ignorância! vai demorar até conseguir realmente me interar dos assuntos todos, e isso é um desafio dos bons. adoro novidades e tou achando lindo esse mundo novo esperando pra ser descoberto!

comecei a almoçar aqui no trabalho, trazendo minha própria comidinha numa bolsa térmica toda fofa que encontramos na liberdade. além de ser mais saudável, foi o único jeito que encontrei de variar o tempero e aquilo que como no almoço – aqui perto tem 1001 opções de restaurante, mas todos eles servem as mesmas coisas, e acabamos ficando sem opções ‘diferentes’. semana passada comi carê raisu, feito em casa, feliiiiz! uma ou duas vezes por semana acabo almoçando com o pessoal do trampo, mas no geral faço as refeições aqui mesmo e aproveito o resto do tempo do almoço pra ler um pouquinho. tenho lido pouco, mas tem sido gostoso. comecei com cloudstreet, do tim winton (muito bom) e reli to kill a mockingbird, da harper lee (melhor ainda)! agora, estou tentando wuthering heights, das irmãs brontë, pela segunda vez. gostando mais que da primeira ;-)

em termos de seriado, assisti a última temporada de grey’s anatomy, a primeira de boardwalk empire, e a quarta de downton abbey. ainda não sei o que começarei esta semana, mas preciso lembrar de agradecer a rê e o rica pelas gravações das coisas todas! é uma delícia chegar em casa e poder assistir algo divertido ao lado das mimicas, toda noite :-) a lucca, super companheira, fica o tempo inteiro fazendo ronron e se esfregando em mim, deitando com a patinha na minha perna quando cansa de tanto se enroscar. e os seriados têm sido melhores que os filmes, por serem mais curtinhos e, ao mesmo tempo, conseguirem prolongar a história em vários episódios.

pro mês que vem, estamos programando uma viagem pras cachoeiras dos arredores de brasília, e pro finde que segue, uma ida ao zoológico. semana que vem volto pra contar mais!

30 julho 2014

the best

a semana passada foi de curso. 8h diárias aprendendo a programar numa nova linguagem e num novo software. matlab, here we go. adoreeeeei! as aulas foram boas, o programa é ótimo, a ideia de voltar a mexer com análise quantitativa é animadora, poder conversar mais com o pessoal é legal... foi tudo bom demais! acabei voltando esta semana mais animada (ainda mais!) pra labuta do dia-a-dia. semana que vem tem a parte dois do curso, num outro programa, o dynare – acoplado ao matlab, o dynare permite modelar análises econômicas/financeiras bastante interessantes. não vejo a hora!

na sexta passada esfriou bem por aqui. treze graus de madrugada, dezesseis durante o dia – muuuuito frio, em termos brasilienses! o maco chegou tarde, e no sábado de frio decidimos não fazer nada em termos de apê, a fim de podermos aproveitar melhor o final de semana. e bora passear!! fomos até o planetário e compramos dois quilos de feijão para pagar os ingressos pra exibição da tarde, almoçamos esfirra e quibe numa casa árabe bem boa, sobremesamos açaí no sub’s, fomos até o sudoeste buscar umas marmitas que estou testando esta semana (almoços bem medianos; jantares e lanchinhos bem gostosos), o maco encontrou um spa vizinho ao fornecedor das marmitas e aproveitou pra fazer shiatsu enquanto fui guardar as marmitas no congelador em casa. aprendi a me localizar melhor no sudoeste, busquei o maco, e fomos até a torre de tv, que tinha fila. apesar de não subirmos no mirante, visitamos a feitinha embaixo da torre, onde se vende de tudo um pouco (de frutas a móveis, de roupas de bebê a flores secas, de artefatos de couro a lembrancinhas de brasília, de comidinhas a esculturas), e aproveitamos pra ver duas exposições que ficam ao lado do planetário: uma chamada ‘bola na rede’, inspirada na copa, e outra uma instalação muito legal que mostra uma viga gigante sobre ‘almofadas de ar’ enormes e amarelas. pena não conseguir colocar fotinhas aqui – essa das almofadonas merecia; achei muito bonita e legal! comemos pipoca, vimos uma exposição de fotos telescópicas no planetário, e depois a programação do dia no lugar (bem legal, mas a do Ibirapuera é melhor!), misturando explicações sobre o cosmos e filminho sobre telescópios. saímos prum vento bem gelado, rumo à nossa quadra, em cuja esquina fica um dos hot dogs mais tradicionais de brasília – não sabíamos, mas o lugar fecha aos sábados. aos sábados!! hahahaha! desistindo de comer cachorro-quente, jantamos massa na nossa cantina favorita por aqui, a san felice. comemos ravióli de queijo pecorino com pera e presunto cru, ao molho bechamel com bacon. estava muito bom!! ainda sobremesamos um pedaço de bolo, e voltamos pra casa já cansados (a comilança me deu um soooooono...). ainda compramos passagens de avião pro mês de setembro inteiro, e então fomos dormir.

domingo frio e chuviscante – a preguiça nos manteve na cama até as 11h da manhã!! acordei às 9, fato muito raro pra quem diariamente não passa das 7h da matina antes de estar toda serelepe tomando café da manhã, e ficamos embaixo das cobertas por duas horas só sonecando abraçadinhos... tão bom! tomamos banho, dei uma arrumada nas coisas da casa, cuidei das mimicas, e fomos direto pro almoço no el paso, restaurante mexicano que tem buffet e fica na nossa quadra (ambiente divertido, comida bem mais ou menos; não pretendo voltar mas foi bom conhecer). debaixo de chuvisco, fomos ao cinema assistir ‘dawn of the planet of the apes’, escolha do maco. o filme não é ruim, mas sei lá, acho que tou ficando velha e chata pra essas coisas hollywoodianas demais que não me trazem nenhum tipo de prazer e não acrescentam nada à vida da gente. enfins. saímos do cinema, fomos pra casa pra uma siesta de quinze minutos e pra fechar a mala do maco, e pufts: acabou o final de semana e é hora de levar o maco pro aeroporto. já??!! estava tudo tão gostoso... passou rápido demais! na volta pra casa ainda parei no supermercado pra comprar frutas, coloquei o cobertor pra lavar, coloquei o edredon na cama (estava frio!), fiz um cafuné nas gatas, me emocionei com as surpresinhas que o maco deixou na casa sem eu ver e fui dormir feliiiiiz depois de um finde tão gostoso!

segunda estreei a marmita, com frango ao curry bem mais ou menos. achei a porção (que parece tão pequena no potinho) gigante; eu poderia ter comprado a menor... conheci o refeitório do trabalho, que achei bem legal (como tudo por aqui, super limpinho, iluminado, bem estruturado... um luxo!), o vestiário (muito bom!), e fui ler na biblioteca, onde apesar do frio, o ambiente é agradável e silencioso. senti falta de espaços mais confortáveis na biblioteca e fiquei imaginando poltronas aconchegantes por ali, coisa que nunca vi no brasil, mas nos istêites tem (e é tão bom!). entendi por que tanta gente lê em outros lugares do prédio: mesmo com um pouco de barulho ao redor, os postos mais confortáveis ficam longe da biblioteca! consegui comer o famoso hot dog da 405sul, e achei não muito bom. sabe cachorro quente sem cara de cachorro quente? então!

terça almocei com as meninas que entraram no concurso comigo – toda terça almoçamos juntas, e é bem legal! como cada uma foi parar num setor diferente, esse almoço é uma ocasião em que conseguimos nos rever, colocar o papo em dia, saber das fofocas e das coisinhas de cada uma. adoro :-) foi um dia bem cheio de coisas por fazer, na volta à rotina do trabalho (depois da semana de curso), e gostei muito de voltar a produzir e conviver com o pessoal do meu departamento. as gentes daqui são mais legais que as gentes de outros lugares! rs. jantei bolo da torteria de lorenza, e como não tinha o meu preferido (brigadeiro), acidentalmente descobri o melhor bolo de lá: o diamante negro! aiaiai, não sei o que fazer pra não viciar!! repita comigo: não posso jantar bolo todo dia, não posso jantar bolo todo dia, não posso jantar bolo todo dia. tou gordinha; nesta semana de frio e comilança voltei a ter dois quilos a mais, e tou praticamente sem calças que me sirvam! amanhã começo a dieta! hahaha! só que não... então não posso meeeesmo jantar bolo todo dia!

hoje comi dois lanchinhos da marmita de café da manhã e lanchinho da manhã: um mini-sanduíche de frango e uma mini-empanada de pizza – deliciosos! e, pelo menos em teoria, ‘lights’. o trabalho está devagar, o frio está grande (dentro do escritório é sempre mais frio que fora dele, e isso, em dias fresquinhos, é um perigo!), e eu estou pensando nos preparativos pra viagem (vou neste finde pra correria maluca em sampa!), no final de semana das gatas, no curso da semana que vem, na rotina do trabalho, nas informações que preciso memorizar melhor pra poder produzir melhor, em formas de inserir a análise quantitativa no dia-a-dia, no que fazer pro aniversário do maco (que é em outubro, mas já está chegando), ...

tenho vivido uma vida boa demais, numa época daquelas em que não sei mais como agradecer – santo expedito, papai do céu, gentes queridas, obrigada, muito, muito obrigada pelas graças alcançadas!

semana que vem tem mais por aqui! :-)

21 julho 2014

mais um final de semana cheio de soluções!

na quinta-feira, a companhia elétrica finalmente deu sinal de vida – o site reclameaqui.com.br realmente funciona!! aleluia! claro que ainda não foi nada resolvido, mas pelo menos já recebi o prometido e tão aguardado croquis e agora estou me preparando pra comprar material, contratar eletricista e (com a ajuda da ceb) resolver de vez isso da mudança de carga do apartamento em que estou morando. ufa!

na sexta, peguei o maior congestionamento em brasília até o momento. querendo agradar o maco, que chegava de viagem, fui até a melhor padaria de brasília (la boulangerie) atrás de pães e brownie, na hora do almoço. levei uma hora e meia pra percorrer seis quilômetros. uau! ainda assim, ouvi boa música no carro e consegui encher a casa de guloseimas pro meu amor. às sete da noite comecei a fazer faxina na casa, e quando terminei tomei um super banho e li um pouquinho, pra só então sair de casa rumo ao aeroporto. o bonitão chegou taaaarde! mas ver o maco chegando não tem preço :-) gostoso demais poder matar um pouquinho da saudade!

sábado o pessoal da tok&stok chegou cedinho pra montar criado-mudo, cômoda, armário da área de serviço e miniarmário do maco. duas horas depois, a casa estava com outra cara: imunda (de novo!), mas cheia de móveis lindos e novinhos acomodados no lugar. lá vou eu fazer faxina de noooovo, enquanto o maco sai em busca de ‘detalhes’ pro apê. faxina, arrumações, consertos de pequenas coisas e voilá: a casa está praticamente completa! (falta ainda colocar um parafuso no registro de água, trocar o courinho da torneira do chuveiro que está pingando, trocar um dos móveis da tok&stok que veio com defeito e fazer a tão desejada mudança de carga elétrica). enquanto isso, são duas da tarde e, esfomeados, decidimos almoçar. talharim ao molho alfredo delicioso! nham! grazie, san felice! sobremesa: açaí no sub’s. ainda bem que decidi ir até lá com o maco, porque na primeira visita (sozinha), não gostei muito do lugar nem do açaí, e desta segunda vez, apesar de concluir que o lugar realmente é sujo além da conta, comemos um açaí muito, muito bom! siesta time? sim, mas não. eu queria arrumar algumas coisas, o maco queria fazer pesquisas na internet, e nós dois tínhamos decidido tentar instalar a lava-e-seca. com um maco-super-caprichoso e o manual de instalação, rapidinho a máquina estava funcionando, linda!
 
domingo, acordamos quase tarde. tomamos café em casa, fomos pro supermercado, deixamos compras em casa e chegamos cedinho no mangai, pra almoçar. divina, a comida lá. divina! pena o lugar estar sempre tão cheio e com tantas filas – são elas que me dão preguiça de ir lá mais vezes. fizemos uma siesta merecida (na verdade, o maco leu enquanto dormi, hehe!), fechamos as malas do maco, colocamos tudo no carro e partimos pro cinema. conhecemos o shopping píer 21, que fica na beira do lago e tem vistas lindas. o filme foi bom (melhor lance, com geoffrey rush), e na saída comemos uma coisinha antes de ir pro sub’s, pruma frustração: o maco precisava ir pro aeroporto, e a fila do lugar estava quase igual à que normalmente tem no mangai. rs. sem açaí, fomos pro aeroporto. que pena o maco ter que ir embora! a vida aqui é muito mais gostosa e divertida com ele ;-)| passei no supermercado pra comprar um chocolatinho, e voltei pra casa, pra mimar um pouco as gatas e tomar aquele super banho antes de dormir. zzzzz...

(domingo à noite, chega mensagem do luiz dizendo que desembarca naquela mesma madrugada em bsb. surpresa! infelizmente, ele decidiu não se hospedar lá em casa. felizmente, espero vê-lo pruma jantar um dia desta semana – parece que ele fica por aqui até sexta. a maior felicidade, porém foi saber, ainda hoje pela manhã, que ele já conseguiu aquilo que veio buscar na capital. um visto rejeitado duas vezes em sampa que por aqui saiu de primeira, fácil, fácil. aleluia!)

hoje: sono no trabalho, pela manhã. colega trouxe chocolate belga e alemão, de uma viagem. nham! muito chique, isso. a hora de almoço será usada pra visitar fornecedores de material elétrico. deseje-me sorte ;-)

e amanhã começa o primeiro curso que vou fazer no trabalho novo!! estou super animada! aproveito pra desejar ânimo, novidades, alegrias e tudo de bom nesta semana que começa, pra todos nós.

15 julho 2014

a felicidade do final de semana: o resolver das coisas quase todas

sábado super produtivo – não vi o jogo do brasil, mas em compensação consegui resolver várias pendências acumuladas: levei o carro pra ter seu porta-malas consertado, dei banho no bichinho (que nunca na vida esteve tão sujo, graças ao pó infinito devido à secura brasiliense), comprei sílica pras gatas, e a net finalmente instalou internet no apê. aleluia!! além disso, almocei no bistrô mais charmoso da cidade (suuuper recomendo o daniel briand), fiz aquela faxina básica, montei um croquis do apê, pra pensar sobre a disposição dos móveis que chegam neste próximo sábado, e li um monte, fazendo carinho nas duas mimicas carentes que a cada dia se sentem mais donas do pedaço que chamo de lar.

domingo foi um dia de preguiça – pesquisei algumas coisas na internet, li os blogs mais queridos, comprei passagens pra sampa, fui até a leroy merlin em busca de uma almofada e um espelho de tomada, fiz várias tentativas frustradas de instalar o tal espelho atrás da porta do quarto (snif!), requentei almoço, li um monte, comecei a assistir seriado novo (boardwalk empire), papariquei as gatas, fui até o supermercado pra comprar pão e salada de frutas, arejei bem a casa, tomei um solzinho no quarto, e descanseeeeei. ah, vida boa!

na segunda ainda fui à costureira e à casa de ferragens, e agora a expectativa fica por conta da entrega dos móveis e da instalação da máquina de lavar, previstas pro sábado que vem. a solução do meu pedido de mudança de carga pra companhia elétrica de brasília, acho que nem papai do céu sabe quando acontece. até pra ouvidoria da ceb já reclamei, sem resposta por enquanto. hoje registrei minha insatisfação no reclameaqui.com.br – vamos ver se assim se resolve algo. enquanto isso, foco nas coisas boas da casa nova: o solzinho gostoso, as muitas janelas, as mimicas, a cama boa de se aproveitar com um livro legal, a vida mansa, colorida e cheirosa, as coisas todas bem arrumadinhas e lindas!

11 julho 2014

o tempo passa, o tempo voa (e a poupança bamerindus há tempos não existe mais)

sem internet em casa, tenho perdido a oportunidade de escrever mais por aqui. a vida tem voado rapidinho, em meio a muito trabalho e à resolução de mil e quarenta e nove coisinhas faltantes lá pro apê se tornar um lar gostoso. descubro, aos poucos, que o ritmo dos serviços em brasília é ooooutro... e assim passo intervalos de almoço, noites e finais de semana tentando fazer as coisas andarem. ainda este mês parece que terei internet e móveis faltantes em casa. não vejo a hora!! a potência de energia elétrica do apê, que pedi pra mudar no final de junho, não tem previsão pra acontecer. o conserto do carro (que está na garantia) está ‘enrolado’ faz mais de um mês, com previsão tb pra solução antes de agosto. as gatas já estão morando comigo, bem carentes e estranhando a casa, se aventurando aos poucos a explorar todos os cantinhos e a parte de cima dos móveis.

o sono anda melhor impossível, com o silêncio gostoso e a cama nova que temos aqui. o trabalho traz cada vez mais aprendizado e maior flexibilidade. a vontade de resolver as pendências todas, pra poder passear pela cidade, anda grande. quero conhecer o parque, o zoológico, o museu, o planetário, o outro parque, a torre de tv digital, o palácio da presidenta, além de uma infinidade de restaurantes/lanchonetes. quero explorar mais padarias, mais pet shops, mais açaís, mais confeitarias, mais papelarias, mais sorveterias. quero andar pela quadra pra ver tudo o que existe nas redondezas do apê, e quero fazer tudo isso com o maco – aliás, só falta ele aqui pra vida ficar perfeita. a capital é uma cidade bonita, agradável, organizada e muito gostosa de vivenciar.

os serviços, em geral, são um lixo, mas a gente acaba se acostumando – fazer o quê? descobri que fazer faxina numa casa com gatos é um saco, porque no dia seguinte já está tuuudo cheio de pêlos, pó e areia. ai. chata que sou, acabo achando um saco ter que cuidar da faxina toda santa noite. chego em casa cansada, já à noite, com vontade de deitar pra ler um bom livro ou assistir algo legal no computador, sem ganas de gastar o restinho da energia diária na limpeza da casa. vamos ver se mudando a areia das gatas o problema fica menor.

tenho lido pouco, faz mais de um mês que tou no mesmo livro, que tem uma história bacana narrada numa linguagem mais difícil. tenho assistido nenhum filme e poucos episódios de seriado. em compensação, tenho resolvido as pendências da casa e tenho dedicado mais de uma hora por dia à adaptação das mimicas à casa nova – haja carinho! tenho ouvido música durante as faxinas e na volta do trabalho pra casa. na ida não dá tempo, porque passo menos de três minutos sobre as quatro rodas pela manhã. moro perto, muito perto do banco, e isso não tem preço. em compensação, parece que todo o resto da cidade fica ‘longe’, e tenho tido preguiça até de ir ao cinema sozinha por causa disso! parece tão mais confortável assistir alguma coisa na cama...

ontem fui, pela primeira vez, pintar as madeixas. achei um salão aqui pertinho que tem um cabeleireiro ótimo, mas material muito ruim. ainda não sei se volto lá ou se procuro outra opção, no mês que vem. o resultado, de qualquer forma, ficou ótimo. como o que realmente me incomodou foram as toalhas do lugar, da próxima vez talvez eu leve a minha.

o clima em brasília tem sido apaixonante. faz sol e calor todo dia, o dia todo. à noite fica fresquinho, só o suficiente pra colocar um casaquinho e, às vezes, ter vontade de tomar uma sopa. é delicioso acordar com o céu tão azul, os passarinhos alegres, o vento bom soprando as folhas verdinhas das árvores que aparecem na minha janela. me disseram que não vou gostar quando o tempo ficar mais seco, mas vamos ver. tenho achado que já está tudo muito seco, e sempre fico impressionada com como as toalhas e os panos (de chão ou de prato) secam rápido.

ainda não consegui criar uma rotina bem bonitinha pro meu dia-a-dia, que depois vai me encher de prazer quebrar, mas tou tentando. ainda não cozinhei em casa, porque acho sacal fazer comida só pra mim. tenho almoçado perto do banco e jantado sanduíche natureba feito por mim, em casa. por falar nisso, preciso passar no supermercado. tem um que fica no meio do caminho de volta pra casa, tornando a minha vida ultraprática.

não vejo a hora de receber visitas. já escolhi onde quero brincar com o  lucca, onde quero lanchar com a minha mãe, onde quero jantar com o maco, e onde quero levar todo mundo (pra conhecer uma sala azul). ainda tou ansiosa, nessa fase de muitas adaptações, com muitas vontades e pouco tempo pra dar conta de tudo.

final de semana passado fui pra sp, numa correria só. dormi pouco, me cansei demais, mas pelo menos consegui resolver toda a imensa lista de ‘coisas por fazer’. vimos o lucca, a rê e a mãe, o seu alexandre, o sergio e a rosa. fomos até o brás e o pari, compramos uma arara, levamos as gatas na veterinária, fizemos compras na cobasi e na kalunga, arrumamos (e trouxemos) um restinho de mudança pra cá, embalamos e conseguimos trazer as coisas das gatas sem pagar excesso de bagagem (obrigada, pessoal da gol!), cozinhei um almoço bem bom pra família, curti o maco tudo o que pude, e ainda deu tempo de comer lamen e tomar melona! pra ser bem-muito-ultra-sincera, a correria foi tanta que me tirou um pouco da vontade de ir pra sampa. não deu tempo de ver nenhum amigo, nem de tomar sorvete na casa elli, nem de descansar, e isso acabou me broxando um pouco. em agosto as coisas tendem a ser parecidas, e tou meio desanimada com isso. tanto trabalho, pra tão pouco benefício... oh, well. fiquei com a impressão de que não quero mais viajar pra resolver pendências ou pra fazer programas que eu não tenha vontade, sabe? deu ganas de viajar pra só aproveitar a viagem e as gentes queridas! rs.

e por hoje é só! tou com saudades do maco e com vontades de ir pra casa descansar e resolver tudo o que eu puder amanhã, pra só curtir o que der vontade no domingo :-)

30 junho 2014

mudança pra casa nova!

mais uma semana corrida e cheia de preparos -- vai chegando a hora da minha mudança pro apê novo, com todo o apoio do incrível maco! na quinta, feriado por conta do jogo em bsb, corri mais um pouquinho e arrumei a cozinha da casa nova, desmontando as caixas que vieram de sampa e a caixa de louças novas da tok&stok. quatro horas inteiras depois... armários limpos e organizados, louças, talheres e panelas lavados, secos e guardados, comidas e temperos arrumados, e eu mortinha da silva! mas faltava limpar outras coisas, desarrumar mais caixas, e assim foi que passei um dia inteiro me divertindo no imóvel novo -- ele está ficando lindo, aliás! :-D

no sábado, já com o maco aqui, arrumamos mais um pouquinho as coisas e nos mudamos! ufa! casa nova, colchão novo, vida nova! pra comemorar, maco tomou café na boulangerie, depois almoçamos na san felice e ainda jantamos no daniel briand -- delícia de dia gastronômico!! entre refeições ajeitamos um pouco mais a casa, levamos as últimas coisas do hotel pro apê, e aproveitamos a casa nova, com direito a siesta na hora do jogo do brasil. delícia, delícia! como é BOM estar num lugar gostoso, ensolarado, cheio de janelas, limpinho, cheiroso, novinho, lindo, lindo, lindo! tou apaixonada pelo apê novo! ele até tem defeitos, mas as muitas qualidades são incríveis, sendo a maior delas a gente se sentir BEM lá. home, sweet home! já contei que minha casa nova fica a cinco minutos de distância do trabalho? de carro, porque a pé acho que demorarei uma meia hora. preciso fazer o percurso um dia desses pra descobrir! e já falei que tou empolgadíssima com a mudança e com o apê? o què? já deu pra perceber? hahahahaha!!

passada a nossa primeira noite no novo ninho (num silêncio divino), amanhecemos vendo árvores verdinhas e céu azul, com direito a cantoria de passarinhos! fomos pro hotel aproveitar pelo menos uma vez a piscina de frente pro lago, almoçamos comida japonesa, comemos bolo e sorvete e voltamos pra casa pra descansar um pouquinho antes do maco voltar pra sampa.

hoje, segunda, é feriado em brasília porque tem jogo da copa por aqui. aproveitei pra levar o civic pra oficina, passar na pet shop pra comprar areia pras gatas (que chegam já na semana que vem), tomar a vacina da gripe de graça por conta do novo plano de saúde, e finalizar o check-out no hotel. fiquei num dos melhores hotéis da cidade, de frente pro lago, com uma estrutura bonita. só que... hotel não tem cara de casa, e tive trocentos problemas chatos por aqui, como a falta de internet, a cachoeira no ar condicionado do quarto, o colchão superhipermole, blablablá. tou contente por estar saindo daqui! feliz por estar indo pra uma casa tão gostosa. e chega de escrever, porque é pra lá que vou agora, terminar de arrumar maaaais coisas! ainda faltam 2 caixas pra finalizar as arrumações, e 4 móveis pra chegar. hoje chegou a lavadora (e secadora) de roupas, linda! será que consigo instalar? hahaha! veremos!

e assim segue a vida boa na capital... com dias desafiadores no trabalho com pessoas legais, e com finais de semana movidos a mudança, comilança e amor! tou feliz :-)

23 junho 2014

mais uma semana no planalto central

mais uma semana no planalto central!

ouvindo todos os jogos da copa na tv do trabalho, ao mesmo tempo em que tento me concentrar nos muitos despachos escritos que preciso produzir (precisa-se urgentemente de aulas de juridiquês!), os dias úteis passam. leio e releio pareceres, notas, despachos, regulamentos, leis, resoluções, circulares, e assim vou tentando criar textos bacanas embasados em muitas normas e numa linguagem super jurídica. espero ficar craque nisso logo! :-p

os dias não-úteis têm sido igualmente corridos e desafiadores, mas também um tiquinho mais divertidos. semana passada peguei as chaves do apê, e na quinta, com a chegada do maco, fomos direto arrumar algumas coisinhas na casa nova, pra depois fazermos supermercado (comprando produtos de limpeza) e jantarmos super bem numa cantina italiama. sexta trabalhei e o bonitão resolveu 1.025 coisas pendentes no apê, incluindo o agendamento de um eletricista/encanador, a compra de material elétrico e hidráulico e o acompanhamento do trabalho da faxineira milagrosa. tentei passar a conta de luz pro meu nome, mas a ceb estava fechada em pleno dia útil (pós feriado). descobrimos um lugarzinho com comida muito boa a preços justos na ‘nossa quadra’ e almoçamos por lá. nham! passamos parte da noite na leroy merlin (comprando coisinhas, incluindo um chuveiro pra tomar banho com um mínimo de água quente!) e fomos jantar maravilhosamente bem em 3 lugares diferentes – começamos com sorvete divino (achamos a melhor sorveteria de brasília!), passamos por temaki gostoso e finalizamos com bolo de brigadeiro e torta de limão. sábado foi dia de cuidar do apê. de novo! :-) ida a lojas de elétrica para comprar fios e lâmpadas, passeio em lojas de ferragens em busca de parafusos e puxador, acompanhamento da segunda parte da faxina milagrosa, almoço no mesmo lugarzinho bacana da sexta, arrumação de roupas e coisas diversas no guarda-roupa, e assim o apê vai tomando cara de casa! fomos ver móveis na tok&stok, comprando só um jogo completo de louça/copos/talheres, e escolhemos jantar gostoso no mormaii: sanduíche e açaí de frente pro lago – vista liiiinda! domingo, dia de dormir até um pouco mais tarde e... cuidar do apê! teve visita na leroy pra comprar filtro de água, capacho e lixa, ida à casa do bernardo pra pegar as muitas caixas que estavam ocupando a garagem dele, jantar de sorvete, temaki e bolo/torta (adoramos e resolvemos repetir!) e bora dormir! segunda foi feriado pra mim, e por isso aproveitamos pra resolver toda a parte elétrica e hidráulica da casa, com um super eletricista/encanador caprichoso. mudamos tomadas, fiação, chuveiro, filtro de água. fizemos a instalação de ponto pra máquina de lavar e de um cooktop lindo. nos certificamos de que todas as lâmpadas e tomadas estão funcionando. descobrimos que precisamos pedir à ceb para trocar o disjuntor geral do apê. organizamos mais coisas no armário, saímos pra comprinhas de última hora. corremos, corremos, e mesmo assim só conseguimos almoçar às três e meia da tarde. ufa! spoletto de massa decente e sobremesa ruim. fomos pro hotel, onde o maco se aprontou pra viajar de volta pra sampa, e onde assistimos a primeira meia hora do jogo do brasil contra camarões. demos uma última passada na casa nova na ida pro aeroporto, e só cheguei no hotel a tempo de ver os quinze minutos finais da partida. brasília estava parecendo a madison square no filme vanilla sky: vaziiiia!! todo mundo devia estar vendo o jogo em algum lugar, deixando as ruas todas desertas.


nos divertimos muito com as tantas arrumações, compras, passeios em lojas de materiais de construção, carregamentos da mudança 3 lances escada acima, limpeza, organização e correria, mas ficamos bem cansados nestes dias, viu? mudança é uma delícia, mas cansa! e ainda faz a gente gastar uma nota preta! hehe! Precisa dizer que estou adorando muito tudo isso? :-)

15 junho 2014

second week

mais uma semana se passou! segunda, terça e quarta trabalhando. ando bem animada -- o pessoal do banco é muito legal, e os desafios são grandes! tenho estudado muito, lido muito e tentado me aclimatar com um trabalho que promete ser tão diferente de tudo o que já fiz. tenho aprendido montes de coisas novas, e sinto que ainda estou engatinhando. acho que vai ser muito bom esse tantão de novidades e desafios. quarta à moite o maco chegou pra passar 4 dias aqui, e quinta trabalhei só meio período, pra assistirmos ao jogo do brasil. aqui nem teve muito barulho ou grandes comemorações; estranhei bem um jogo de copa assim. almoçamos no crêpe ao chocolat, que é legalzinho, mas sujo demais pro meu gosto. não pretendo voltar. deu uma saudadinha do central das artes... o dia dos namorados trouxe montes de presentinhos lindos e emocionantes, como meu chá favorito (rosas com baunilha da dilmah) e frutas cobertas com chocolate, além da minnie boba e das fronhas mais bonitas e românticas! sinto falta de poder colocar fotos aqui. na sexta levei bolachinhas pro trabalho, e depois fomos fazer a vistoria do apartamento, que o maco achou bem mais bonitinho ao vivo do que nas fotos. o banheiro é minúsculo, mas o lugar está todo reformado e é uma graça -- não vejo a hora de me mudar pra lá! temos uma parede só de janelas, com vista pra um abacateiro gigante e verdinho. temos uma vizinhança gostosa, silenciosa e cheia de opções legais. almoçamos ali na quadra mesmo, num lugar mais ou menos, e à noitinha fomos à festa junina do banco, que foi bem legal. o maco estava gripado, e minha garganta começava a arranhar. comemos acarajé, canjica e curau, tudo muito gostoso! fomos à barraquinha de pescaria e ganhamos vários brindes, além de uma foto com roupas caipiras e uma caricatura que ficou bem legal. conversamos com os colegas do banco e voltamos pro hotel cedo a fim de cuidar das gripes. haja própolis e lencinho de papel! hahaha! sábado tentamos acordar tarde e fomos em busca de um colchão. descobrimos uma quadra na asa norte com umas cinco lojas diferentes, e nos deitamos em tudo quanto é cama pra escolher a melhor opção pra nós. acabamos comprando um colchão lindo, firme e macio, pro apartamento novo. almoçamos no mangai, restaurante muito querido lá de natal. como é bom comer bem!! nham! fomos então olhar lavadoras-secadoras, muito mais caras nas lojas do que na internet, assim como cooktops elétricos e armários de área de serviço. encontramos um colega do banco tb olhando eletrodomésticos, namoramos ternos pro maco, tomamos um suco, e partimos pra uma siesta no hotel. zzzz... ao acordar passamos um pedaço da tarde perto da piscina do hotel, de frente pro lago, lendo e mexendo no celular, numa vida boa sem fim. ah, lugar bonito, este aqui! jantamos uma pizza com um amigo do meu cunhado, aproveitando pra conhecer mais um pedacinho da tão desconhecida asa norte, e o maco comeu uma torta deliciosa de sobremesa, num lugar que ainda vai virar meu queridinho -- a torteria di lorenza deve ser uma espécie de amor aos pedaços aqui na capital. domingo conseguimos acordar tarde e ficamos morgando quase que até a hora do almoço. comemos no bhumi, um restaurante vegetariano muito bom que conhecemos em fevereiro, com sucos ótimos e comida pra lá de saborosa. como o vôo do maco era cedo, fomos do restaurante direto pro aeroporto. ainda bem que na quinta já é corpus christi, porque já estou com saudades de novo! enquanto o maco estava nos céus, descansei, falei com a rê e com a cris (parabéns, cris!), e respondi uns e-mails. ah, vida boa!! vou me acostumar muito rápido a este vidão cheio de delícias, de tempo, de comidas ótimas, de passeios e de namoros, e não vou querer que isto acabe nunca! ainda acho estranho ter tanto tempo livre, com finais de semana inteiros pra fazer o que eu quiser. não vejo a hora de me inteirar melhor com o trabalho, com as pessoas, com a cidade. estou ansiosa com a mudança pro apartamento bonitinho e com a vinda das gatas pra cá. não vejo a hora de estar toda instalada e poder correr atrás dos cursos todos que quero fazer. torço pra que o maco consiga se mudar logo pra cá, porque tudo indica que teremos uma vida muito gostosa em brasília! estou muuuuito animada com as coisas todas, e às vezes é difícil conter a impaciência. aí me acalmo e me lembro de que é preciso aproveitar o momento, a fase de transição, as mudanças, as novidades, os desafios. as conquistas são boas, mas as passagens tb podem ser curtidas... então vamos lá aproveitar :-)

07 junho 2014

na capital do brasil (semana passada)

hoje faz uma semana que estou em brasília. 

chegamos domingo passado, maco e eu, depois de uma viagem bem gostosa que incluiu até sessão de cinema em uberlândia. doze horas de estrada, mais que isso de descanso, e chegamos à capital. tínhamos estado aqui em fevereiro, então já conhecíamos mais ou menos o 'jeitão' de brasília, mas nos perdemos muuuuito até conseguir encontrar a casa do bernardo, amigo do irmão do marcelo que super gentilmente nos cedeu um espacinho em sua garagem, onde deixamos seis caixas de mudança que não caberiam no nosso quarto de hotel. o maco tinha vôo marcado pra são paulo no próprio domingo, então fomos correndo do bernardo pro hotel, onde descarregamos malas e caixas, antes de descobrirmos onde é o aeroporto do df. voltei sozinha pro flat, com direito a gps se perdendo no meio do caminho -- aventura! morta de cansaço, ainda passei no supermercado pra comprar comida e desencaxotei as coisas todas no hotel, desarrumando malas e deixando armários lindos e cheios de coisinhas muito bem arrumadas no quarto, pra só então tomar banho e dormiiiiir. ou pelo menos tentar, já que mudança de cidade sempre me deixa ansiosa, o que não ajuda muito no sono... hehe!

segunda-feira: dia de acordar cedo e ir atrás de apartamentos. liga pra imobiliárias, vai até algumas delas pegar chaves, corre visitar os apês, devolve as chaves nas imobiliárias, e repete tudo isso over and over again. acabei visitando 5 apês na asa sul (onde eu realmente gostaria de morar, já que o futuro trabalho fica por ali) e um no c.a. (onde ficam os apartamentos mais bonitinhos a uma distância razoável do trampo). conclusão: achei um apartamento decente na asa sul, e decidi visitá-lo de novo no final do dia -- se der tudo certo, é nele que morarei! aliviada por ter encontrado algo do jeito que eu queria, no lugar desejado, voltei pro hotel já no escuro, me perdendo bastante (descobri que o gps não sabe ir pro hotel nunca, entrando num loop infinito no meio do caminho que envolve um retorno e uma rotatória, o mesmo retorno e a mesma rotatória, de novo, de novo, até a gente se aventurar sem a ajuda do aparelhinho... hahahaha!). dormi mal, ansiosa e super animada com o trabalho novo que começava na terça.

terça-feira: acordar no escuro, tomar um bom banho, tomar café, e sair bem cedinho pra poder me perder no caminho sem chegar atrasada. resultado: acertei o caminho sem gps (que não achou sinal de satélite!) e cheguei no trampo às 7h40min prum evento que começava às 9h. conheci gentes novas e fui a primeira da fila, a segunda a tomar posse e entrar em exercício -- êba! comecei a trabalhar :-D tendo muito tempo livre até a cerimônia oficial de posse, decidi visitar um museu, resolver um problema com a porto seguro (sem sucesso), almoçar ali perto, ler um pouquinho, e me dirigir a um auditório abarrotado de gente. a posse, que achei que ia ser bem 'blé', foi na verdade até que emocionante. 250 empossados e quase 500 convidados, todos vibrando com o trabalho novo. gostoso demais rever as pessoas que conheci em fevereiro e que trabalharão comigo! bom demais voltar a trabalhar! e se você está se perguntando se me perdi ao voltar pro hotel, a resposta é sim -- me perdi muito! ainda consegui ver um episódio de seriado antes de dormir um sono muito bom -- acho que a ansiedade está passando...

quarta-feira: primeiro dia de ambientação. palestras, palestras, almoço nos arredores, palestras, palestras, caminho confuso e com mil voltas (ainda não achei o caminho!) pro hotel. hora de separar documentos, conseguir impressões e tentar agilizar a entrada pra um novo plano de saúde e a aprovação do cadastro da imobiliária. ainda não sabemos pra que área vamos, e agora a ansiedade fica por conta disso e de achar um lugar pra morar. torço pra que dê certo o aluguel do apê de que gostei. torço pra que eu consiga entrar pra área de que gostei. penso no maco. durmo bem.

quinta-feira: parecido com o dia anterior, acho que vou encontrando uma rotina... desconfio que consegui achar um caminho de volta pro hotel! viva! a internet do flat não funciona e reclamo. durmo cedo, pra tentar descansar um pouquinho mais, e decido acordar mais tarde, pra parar de chegar tão cedo no trabalho, depois de concluir que nunca vou pegar trânsito no caminho hotel-trabalho-hotel (esse trajeto demora 15min, independentemente do horário -- heaven, i'm in heaven!).

sexta-feira: tudo igual. tem palestras muito ótimas e palestras chatas de doer. tem muita gente conhecida que já é querida. as conversas giram todas em torno de onde cada um vai morar (a grande maioria do pessoal não é daqui) e onde cada um gostaria de trabalhar. todo mundo torcendo pra ter sorte, pra trabalhar com gente bacana, pra encontrar um apê bom, bonito, barato, perto. todo mundo contente com o final de semana chegando -- alguns viajam, outros procuram casa, outros ainda só querem descansar e se divertir. recebo a notícia de que provavelmente serei alocada onde queria, e de que a documentação do apê está em ordem. durmo muuuito bem.

sábado: levanto tarde. tomo café chocolatudo vagarosamente. decido assistir episódio de seriado. tomo banho demorado, curtido. saio em busca de almoço. visito padaria e supermercado. venho pra beira do lago, no hotel, aproveitar a música, a água, a internet (no quarto, a rede sem fio ainda não está funcionando, desde quinta -- inacreditável!). penso que a vida tem me tratado bem demais. sorrio. penso em como encontrei, diariamente, de terça a sexta, as pessoas que gostaria que fossem meus futuros chefes, me perguntando se isso é um sinal de que vou pra área que busco. sinto saudades do maco, que chega na quarta que vem pra passar quatro dias inteiros por aqui. planejo como gostaria que corresse a mudança, prevejo as coisas que preciso mudar no apartamento alugado, faço planos pra vida nova na cidade nova. revisito mentalmente os lugares por onde andei esta semana, com grande destaque pros restaurantes perto do trabalho, pra já conhecida e querida boulangerie, pro apartamentozinho que quero alugar. sorrio mais um pouco e sonho. que a vida seja sempre boa assim por aqui, brasília!

30 agosto 2012

meio a meio (num mês e meio)

dividida. algumas coisas são sempre mais difíceis que outras, né?

ontem assisti o primeiro filme em trancoso, na mtcnp -- 50 / 50 é uma gracinha, e adorei poder tirar duas horinhas pra descansar, me distrair, assitir um filme comendo 'picoca' -- muito, muito bom! pequenos prazeres devem fazer parte da vida da gente sempre, né? senão a coisa toda acaba ficando sem graça ;-)

aqui, durmo, sonho, acordo, e passo o dia todo pensando em uma única coisa: trabalho!! o que dá pra melhorar, como dá pra fazer, que abordagem adotar. mesmo que devagarzinho, quero poder fazer mais e melhor. a. cada. dia.

um. após. o. outro.

amém.

pra quem sempre adorou desafios, com direito a muitos problemas pra resolver e muita coisa pra organizar, tou onde sempre quis estar! só preciso de ferramentas e esclarecimentos... boralá conseguir isso :-)